SQL Server Saturday 245 RJ – Minhas impressões e anotações!

Boa noite pessoal! Bom como a maioria deve ter conhecimento, ontem ocorreu o SQL Saturday 245 no RJ reunindo uma boa parte da comunidade SQL Server do Brasil. Eu participei do evento mas antes de compartilhar com vocês minhas anotações, quero agradecer a galera que me recebeu super bem no evento, agradecer ao pessoal do VIRTUAL PASS PT do qual eu faço parte e as novas amizades que acabei fazendo ao longo deste pequeno período em que venho contribuindo com a comunidade através deste blog e da participação nos fóruns. RECOMENDO O EVENTO A TODOS COM TODA CERTEZA!

Bom, abaixo estão algumas anotações minhas das palestras que assisti, se alguma coisa estiver errada peço desculpas desde já, tentei pegar o máximo de informação possível e posso com certeza ter me equivocado em alguma. Me avisem ok? Valeu pessoal abraço!

PALESTRA 1 - ERIKA MADEIRA (MICROSOFT) – SQL 2014, FIQUE POR DENTRO!

A Erika começou a palestra falando um pouco sobre as tendências de hoje, sobre os principais investimentos que a Microsoft vem fazendo em cima de soluções in-memory, nuvem (azure) e Big Data.
Falou também sobre alta performance, disponibilidade e nuvem hibrida.
Comentou sobre as tecnologias in-memory que a Microsoft tem hoje, Power Pivot, BISM, OLTP DW e PDW.
Explicou como o in-memory funciona, comentou sobre o checkpoint/Delta ambos utilizados para se ter um controle do que está sendo manipulado em memória. Comentou sobre a diferença entre schema_only e schema_and_data na criação de uma tabela em memória.
Comentou sobre as melhorias feitas do SQL Server 2012 para o SQL Server 2014 no in-memory para DW, comentou sobre índices que antes precisavam antes ser “dropados” e “recriados” agora podem ser atualizados.
Falou sobre Always On no SQL Server 2014, as máquinas réplicas (agora chamadas de segundarias) de um limite de 4 no SQL Server 2012, podem chegar a até 8 no SQL Server 2014. Comentou também sobre a possibilidade de se ter maquinas secundárias na nuvem,
Falou sobre a facilidade de se mudar para a nuvem, da existência do deploy direto de bases de dados na nuvem (SQL Database).
Comentou que a Microsoft planeja ter um datacenter de Azure no Brasil a fim de melhorar a qualidade de acesso ao serviço pelos clientes.
Comentou sobre a segurança do SQL Server baseado em uma pesquisa, que perante as demais soluções concorrentes ele se destacou como o mais seguro.

PALESTRA 2 – NILTON PINHEIRO (IBM) – TROUBLESHOOTING FOR MICROSOFT SQL SERVER 2005/2008/2012

O Nilton Pinheiro começou a palestra falando das diversas ferramentas que podem ser utilizadas por um DBA na investigação de um problema com o SQL Server, citando: Errorlog, Event Viewer, Perfmon, Profiler, DMV’s e System Tables e Execution Plan.
Comentou sobre a importância de se relacionar o errorlog com o event viewer para diagnosticar mais precisamente o problema. Comentou sobre a procedure sp_readerrorlog, a qual permite a leitura do log do SQL Server usando o T-SQL.
Comentou sobre os principais contadores de performance do PerfMon e alguns thresholds de referência para os mesmos.
Comentou sobre o cuidado que se deve ter ao executar um SQL Server Profiler em ambientes onde o volume de transações é alto.
Comentou sobre o server-side trace.
Comentou sobre a utilização da ferramenta “Cleartrace.exe”
Deu indicação de e-books da Redgate.

PALESTRA 3 – ODUVALDO ZEFERINO (MAINWORK) – ESTAMOS PREPARADOS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DAS BASES DE DADOS?
O Oduvaldo abordou a ferramenta Ignite 8 na palestra, como ela funciona e seu objetivo de ser intuitiva ao DBA que irá utiliza-la. 

PALESTRA 4 – FABIANO AMORIM (SR. NIMBUS) – NOVIDADES NO QUERY OPTIMIZER

Está foi uma das melhores apresentações do dia ao meu ver, o Fabiano mandou muito bem nas demos que fez mostrando algumas melhorias que foram feitas no Cardinality Estimator do SQL Server 2014.
Comentou sobre a utilização dos trace flags 2312 e 9481, que permitem você controlar se a query ira rodar usando o Cardinality do SQL Server 2012 ou do SQL Server 2014.
Comentou sobre o select into em paralelo e mostrou como ele afeta as CPU’s.
O material da apresentação dele incluindo as demos já estão no blog dele para download, não deixem de conferir: http://blogfabiano.com/

PALESTRA 5 – MARCUS VINICIUS (BOTICÁRIO) – ESSENTIAL PERFORMANCE COUNTERS FOR SQL SERVER

O Marcus antes de entrar efetivamente no assunto da palestra, deu uma breve explicação sobre a comunidade do SQL Server no mundo e no Brasil, como funcionam as reuniões presenciais em alguns grupos, como funcionam os capítulos virtuais, porque é importante está troca de conhecimento entre os profissionais de SQL Server seja via web ou presencialmente. Alguns sites citados: 


Entrando no assunto da palestra, ele abordou contadores vitais para monitorar o SQL Server do perfmon, passou alguns valores chaves e citou os cuidados que se deve ter com os contadores Buffer Cache Hit Ratio e Avg. Disk Queue Lenght.

Obs.: Todo o pessoal que palestrou com certeza deve divulgar o material mais tarde pra todos nós lermos com mais calma e absorver melhor o que foi falado =] 

Um abraço pessoal!

2 comentários:

  1. Olá André, no geral foi um ótimo evento, estive no primeiro, este segundo foi mundo bom e no próximo ano com certeza voltarei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Elton! Com certeza vale a pena presenciar o próximo! Também pretendo ir! Um abraço!

      Excluir